03/11/2017

Natália "menina dos nossos olhos"

Boa noite prezados leitores!
Neste momento a pequena Natália já dormiu e consegui passar por aqui para contar as novidades sobre o desenvolvimento da nossa amada filha.
A Natália está na fase de correr e pular muito, descobriu que pular pode ser prazeiroso e trazer muita alegria.
Foi depois de tanto correr que há 15 dias atrás a Natália quebrou o bracinho direito na escolinha, graças ao bom Deus na próxima sexta dia 10 o gesso já será retirado.
Para maior segurança e bem estar da Natália optamos por colocar um gesso sintético, que é mais leve e menos arriscado de estragar em caso de molhar.
O papai Fernando para agradar a Natália quiz colocar um gesso rosa para deixar nossa princesa mimosa.
Quando eu soube que a Natália quebrou o bracinho fiquei com o coração partido, pois certos acontecimentos na vida de um filho vão contra a vontade materna.
Fiquei aliviada que a Natália não chorou nem resmungou na realização da consulta e exame de raio x, nem durante a colocação do gesso, apenas estava estressada dias antes de colocar o gesso com o uso da tipóia para firmar o bracinho.
Amo tanto a Natália que jamais vou ficar tranquila sabendo da possibilidade de estar sofrendo por algum motivo.
A Natália nos últimos dois meses ampliou muito seu vocabulário, agora está falando várias palavrinhas nitidamente, no entanto, continua falando muito "não" e por enquanto o "sim" não existe em sua vida.
Nossa princesa está muito amorosa, dando abraços e beijinhos a mamãe e o papai quando tem vontade e quando solicitada.
Neste momento a Natália está vivenciando a fase das birras, desta forma, li vários textos para entender essa fase conturbada na vida da criança de dois anos e percebi que temos que ter muita paciência com nossos pequenos, pois nesta fase nem eles mesmos entendem direito o que estão passando, por isso, precisamos envolvê-los de muito amor e carinho para que superem essa fase com tranquilidade e sem traumas.
Aprendi que quando a Natália quer algo que não podemos lhe dar por questão de segurança por exemplo, devemos mudar o foco e levar ela a vivenciar outra situação distinta para esquecer o desejo anterior.
A Natália ganhou uma mesinha com cadeirinhas da vovó Leani do dia das crianças, sendo assim, todo dia tenho que sentar com ela na mesma para fazermos trabalhinhos em seus caderninhos.
A Natália está na fase do risque e rabisque, o importante é que já sabe definir algumas cores e formas geométricas.
Percebo que a Natália será uma pessoa muito independente, pois já é visível a luta por independência, principalmente agora que quebrou o bracinho que utilizava para comer, escrever e realizar demais atividades, desta forma, relutando contra nossa ajuda, por desejar fazer as coisas sosinha.
A Natália é muito esperta, pois assistindo Babi TV sabe identificar diversos animaisinhos.
A Natália pode ser chamada de "menina dos nossos olhos", pois quando a luz não está acesa ela se posiciona dizendo:
Mamãe acender a Luz, desta forma, como já alcança na tomada não se aperta no escuro, pois vai acendendo as luzes de casa, mesmo assim, não demonstra medo do escuro.
Ontem de manhã a Natália me disse:
Mamãe bonita de blusa rosa, papai de blusa azul.
É engraçado ouvir nossa pequena descrever as coisas,mas ao mesmo tempo a natureza humana é muito sábia, pois a Natália ainda não sabe que temos uma deficiência, mas intuitivamente ou por força divina já caminha para este processo de entendimento.
Natália "menina dos nossos olhos", amor da nossa vida!

0 comentários:

Postar um comentário