21/06/2016

O dia que me aceitei de verdade como pessoa cega

Bom dia queridos leitores!
No dia 19 de outubro vai fazer 8 anos que estou morando em POA.
Mas o dia 20 de outubro foi o dia que me aceitei de verdade como pessoa cega.
No momento que saí de casa para me deslocar a meu primeiro dia de trabalho com a bengala na mão, que caiu a ficha que precisava me assumir como pessoa cega.
Dando meus primeiros passos rumo à liberdade, percebi que as pessoas não me tratavam diferente por andar de bengala, pelo contrário, me parabenizavam pela coragem de sair na rua.
Ao longo dos dias percebi que a bengala abria portas e encorajava outras pessoas a sair do seu casulo.
Outro aspecto que me impactava era alguém dizer: "Ah, você é cega?"
Sentia angústia de me tratarem como coitadinha por ser ceguinha.
Depois que me empoderei com a bengala até esse sentimento foi embora e agora me sinto tranquila sendo cega.
Perdi tantos anos da vida com medo de encarar a realidade, que atualmente não perco nenhuma oportunidade de ser feliz!
No entanto, usar a bengala é a melhor forma para um cego começar a se aceitar de verdade!

0 comentários:

Postar um comentário