14/07/2016

Brincadeira de criança

Bom dia prezados leitores!
Fico pensando como será a infância e as brincadeiras de criança da Natália.
No meu caso comecei a frequentar a escola com 7 anos de idade, já a Natália foi inserida no ambiente escolar com menos de 5 meses de vida.
Na minha infância estudava só de tarde, a Natália vai de manhã e permanece o dia todo na escola.
Nossa diversão era subir em árvores, jogar bola na rua, correr para lá e para cá com liberdade.
O pai e a mãe trabalhavam e nós ficávamos em casa fazendo folia na maior tranquilidade.
Atualmente, está tudo mudado, a criança desde bebê fica em período integral na escola devido a insegurança de ficar em casa sosinha nas grandes cidades. A sociedade evoluiu em muitos aspectos, mas perdeu a liberdade.
Acredito, que a criança precisa correr, pular, brincar com naturalidade, ter uma infância de verdade.
Mas, o que se percebe é muitas crianças paralizadas pelo pc e os recursos disponíveis através da internet, justamente pela falta de liberdade.
No momento fala-se muito em obesidade infantil, mas como evitar esse risco se hoje as crianças não brincam com liberdade?
Na cidade grande a liberdade tem preço, por exemplo, os clubes oferecem atividades para crianças, mas quem não tem condições financeiras de bancar esse custo, fica excluído de usufruir esse benefício.
Desta forma, a sociedade precisa ter mais segurança pública para as crianças terem mais liberdade na infância e qualidade nas brincadeiras de criança!

E você concorda que hoje as crianças não tem liberdade na infância?
Se quiser deixe um comentário!
Grande abraço!

Um comentário: